Predação de ninfas Diaspis echinocacti (Bouché) (Hemiptera: Diaspididae) por larvas de Leucochrysa (Nodita) sp. (Neuroptera: Chrysopidae).

Rodrigo Leandro Braga de Castro Coitinho, Cynthia Araújo de Lacerda, Venézio Felipe dos Santos, Deise Maria Passos da Silva

Resumo


Avaliou-se a capacidade predatória de larvas de Leucochrysa (Nodita) sp. sobre ninfas do primeiro instar (N1) de Diaspis echinocacti. As larvas do primeiro (L1), do segundo (L2) e do terceiro instares (L3) foram individualizadas, por seis horas antes do experimento, em tubos cilíndricos de plástico, medindo 6,0 cm de altura e 2,7 cm de diâmetro com fragmentos de folhas de oiti (arena experimental), para equilibrar o nível de saciedade, e mantidas em sala climatizada (25 ± 1,3ºC, 68±10% e fotoperíodo de 12 h). As ninfas N1 foram oferecidas em cinco diferentes densidades (D1, D2, D3, D4 e D5) a cada estádio larval do crisopídeo, com seis repetições. Quantificou-se, após 24 horas, o total predado pela subtração do número de ninfas sobreviventes do total de ninfas ofertadas. Verificou-se aumento na predação, em função do avanço da densidade de presas e do estádio de desenvolvimento do predador. As larvas L2 e L3 predaram maior número de ninfas N1 na densidade D5, enquanto as larvas L1 consumiram mais cochonilhas nas densidades D4 e D5. Ocorreu maior consumo de ninfas de D. echinocacti por larvas L3, em relação à maioria das densidades avaliadas, com exceção da D1. A análise de regressão demonstrou para o primeiro, segundo e terceiro instares do predador tendência linear de consumo das presas. O predador Leucochrysa (Nodita) sp. exibiu grande potencial como agente biológico de controle em um programa de manejo integrado da cochonilha de escama, pois apresentou capacidade predatória superior às densidades avaliadas.

Palavras-chave


Predador, crisopídeo, cochonilha de escama.

Texto completo:

PDF

Referências


BARBOSA, L. R. et al. Eficiência de Chrysoperla externa (Hagen, 1861) (Neuroptera: Chrysopidae) no controle de Myzus persicae (Sulzer, 1776) (Hemiptera: Aphididae) em pimentão (Capsicum annum L.). Ciência e Agrotecnologia, v.32, n.4, p.1113-1119, 2008. Disponível em: . Acesso em: 16 maio 2017.

BARBOSA, L. R. et al. Predação de Thaumastocoris peregrinus por Chrysoperla externa. Colombo: Embrapa Florestas, 2010. 4p. (Embrapa Florestas. Comunicado técnico, 257).

BATOOL, A. et al. Effect of prey density on biology and functional response of Chrysoperla carnea (Stephens) (Neuroptera: Chrysopidae). Pakistan Journal of Zoology, v.46, n.1, p.129-137, 2014.

BROOKS, S. J.; BARNARD, P. C. The green lacewing of the word: a generic review (Neuroptera: Chrysopidae). Bulletin of British Museum of Natural History, Entomology Series, v.59, n.2, p.117-286, 1990.

CARVALHO, C. F.; SOUZA, B. Potencial de insetos predadores no controle biológico aplicado. In: PARRA, J. R. P et al. Controle biológico no Brasil: parasitóides e predadores. São Paulo: Manole, 2002, p.191-208.

COSTA, R. I. F. et al. Influência da densidade de indivíduos na criação de Chrysoperla externa (Hagen, 1861) (Neuroptera: Chrysopidae). Ciência e Agrotecnologia, v.27, p.1539-1545, 2003.

DE BORTOLI, S. A. et al. Aspectos biológicos de Ceraeochrysa paraguaria (Navás) (Neuroptera: Chrysopidae) alimentada com diferentes presas. Ciência & Tecnologia, v.4, n.1, p.1-8, 2012.

FONSECA, A. R.; CARVALHO, C. F.; SOUZA, B. Resposta funcional de Chrysoperla externa (Hagen) (Neuroptera: Chrysopidae) alimentada com Schizaphis graminum (Rondani) (Hemiptera: Aphididae). Anais da Sociedade Entomológica do Brasil, v.29, n.2, p.309-317, 2000. Disponível em: . Acesso em: 16 maio 2017.

FONSECA, A. R.; CARVALHO, C. F.; SOUZA, B. Capacidade predatória e aspectos biológicos das fases imaturas de Chrysoperla externa (Hagen, 1861) (Neuroptera: Chrysopidae) alimentada com Schizaphis graminum (Rondani, 1852) (Hemiptera: Aphididae) em diferentes temperaturas. Ciência e Agrotecnologia, v.25, n.2, p.251-263, 2001.

FREITAS, S. de. Criação de crisopídeos (bicho lixeiro) em laboratório. Jaboticabal: Funep, 2001. 20 p.

FREITAS, S.; PENNY, N. D. 2001. The green lacewings (Neuroptera, Chrysopidae) of Brazilian agro-ecosystems. Proceedings of the California Academy of Sciences, v.52, n. 19, p. 245-395, 2001.

FREITAS, S. O uso de crisopídeos no controle biológico de pragas. In: PARRA, J. R. P. et al. Controle biológico no Brasil: parasitóides e predadores. São Paulo: Manole, 2002, p.209-224.

HASSEL, M. P.; LAWTON, J. H.; BEDDINGTON, J. R. Sigmoid functional responses by invertebrate predators and parasitoids. Journal of Animal Ecology, v.46, n.1, p.249-262, 1977.

HOLLING, C. S. Principles of insect predation. Annual Review of Entomology, v.6, p.163-182, 1961.

HULL, L. A.; ASQUITH, D; MOWERY, P. D. The functional responses of Stethorus punctum to densities of the European red mite. Environmental Entomology, v.6, n.1, p.85-90, 1977.

KHAN, H. A. A. et al. Predatory potential of Chrysoperla carnea and Cryptolaemus montrouzieri larvae on different stages of the mealybug, Phenacoccus solenopsis: a threat to cotton in South Asia. Journal of Insect Science, v.12, n.1, p.1-12, 2012. Disponível em: . Acesso em: 16 maio 2017.

MAIA, W. J. M. S. et al. Capacidade predatória e aspectos biológicos de Chrysoperla externa (Hagen, 1861) (Neuroptera: Chrysopidae) alimentada com Rhopalosiphum maidis (Fitch, 1856) (Hemiptera:Aphididae). Ciência e Agrotecnologia, v.28, n.6, p.1259-1268, 2004. Disponível em: . Acesso em: 16 maio 2017.

MONTOYA-ALVAREZ, A. F. et al. Functional response of Chrysoperla nipponensis and C. carnea (Neuroptera: Chrysopidae) to the cotton aphid Aphis gossypii Glover (Homoptera: Aphididae) under laboratory conditions. Applied Entomology and Zoology, v.45, n.1, p.201-206, 2010.

NORDLUND, D. A.; MORRISON, R. K. Handling time, prey preference, and functional response for Chrysoperla rufilabris in the laboratory. Entomologia Experimentalis et Applicata, v.57, n.3, p.237-242, 1990.

OLIVEIRA, R. de et al. Capacidade predatória de Ceraeochrysa cubana sobre Aleurocanthus woglumi. Revista Caatinga, v.27, n.3, p.177-182, 2014. Disponível em: . Acesso em: 16 maio 2017.

OLIVEIRA, F. T. et al. Palma forrageira: adaptação e importância para os ecossistemas áridos e semiáridos. Revista verde, v.5, n.4, p.27-37, 2010.

PENNY, N. D. Lista de Megaloptera, Neuroptera e Raphidioptera do México, América Central, Ilhas Caraíbas e América do Sul. Acta Amazonica, v.7, n.4, p.1-61, 1977.

PENNY, N. D.; ADAMS, P. A.; STANGE, L. A. Species catalog of the Neuroptera, Megaloptera, and Raphidioptera of America north of Mexico. Proceedings of the California Academy of Sciences, v.50, n.3, p.39-114, 1997.

RASHID, M. M. U. et al. Feeding potential of Chrysoperla carnea and Crytolaemus montrouzieri on cotton mealybug, Phenacoccus solenopsis. The Journal of Animal and Plant Sciences, v.22, n.3, p.639-643, 2012. Disponível em: . Acesso em: 16 maio 2017.

SANTOS, T. M. dos; BOIÇA JÚNIOR, A. L.; BARBOSA, J. C. Resposta funcional de Chrysoperla externa a Aphis gossypii em cultivares de algodoeiro. Manejo Integrado de Plagas y Agroecología, n.74, p.41-47, 2005.

SANTOS, D. C. dos et al. Manejo e utilização da palma forrageira (Opuntia e Nopalea) em Pernambuco. Recife: IPA, 2006. 48p. (IPA. Documentos, 30).

SCHLICK-SOUZA, E. C. et al. Capacidade predatória de Chrysoperla externa sobre Bemisia tabaci biótipo B expostas ao fungo Metarhizium anisopliae. Scientia Agraria, v.12, n.2, p.121-126, 2011. Disponível em: < http://dx.doi.org/10.5380/rsa.v12i2.33823>. Acesso em: 16 maio 2017.

SILVA, R. A. et al. Predatory capacity of Chrysoperla externa (Hagen, 1861) (Neuroptera: Chrysopidae) on Brevipalpus phoenicis (Geijskes, 1939) (Acari: Tenuipalpidae). Coffe Science, v.1, n.1, p.50-54, 2006.

SILVA, D. M. P. da et al. Controle biológico de praga: considerações e aplicabilidade em Pernambuco. In: FIGUEIREDO, M. V. B.et al. Biotecnologia aplicada à agricultura: textos de apoio e protocolos experimentais. Brasília: EMBRAPA, 2010. p. 625-651.

STATISTIX. Statistix 7 User’s manual. Analytical software, Tallahassee, FL, 2000. 359 p.




DOI: https://doi.org/10.12661/e1891232018

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Pesquisa Agropecuária Pernambucana
ISSN 0100-8501 (impresso)
ISSN 2446-8053 (online)


Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA)
Av. General San Martin, 1371
Bongi, Recife, PE, CEP 50761-000
revista.pap@ipa.br