Divergência genética em milho para baixo e alto nitrogênio visando produção de óleo e proteína

Layanni Ferreira Sodré, Weder Ferreira dos Santos, Sérgio Donizeti Ascêncio, Joênes Mucci Peluzio, Rafael Marcelino da Silva, Evandro Reina

Resumo


Considerando a importância econômica da cultura do milho (Zea mays L.) para o Estado do Tocantins e da escassez de estudos sobre o efeito da adubação nitrogenada na divergência genética e na composição química dos grãos, foi realizado o presente trabalho. Neste sentido, foram realizados dois ensaios de competição de genótipos de milho em Palmas-TO, no ano de 2014, sendo um sob condições de alto N (150 kg ha-1 de N) e outro sob baixo N (0 kg ha-1 de N) em cobertura no estádio V4, na forma de uréia. O delineamento experimental utilizado em cada ensaio foi de blocos ao acaso com três repetições e 18 tratamentos, sendo estes representados por 13 materiais de polinização aberta e cinco cultivares comerciais. As características estudadas foram os teores de óleo e proteína e os rendimentos de óleo, proteína e de grãos. A divergência genética, realizada para cada nível de adubação nitrogenada, foi obtida pelo método de otimização de Tocher. Os níveis contrastantes de nitrogênio resultaram em comportamento diferencial dos genótipos. As características que mais contribuíram para dissimilaridade genéticas foram rendimento de grãos, rendimento de proteínas e rendimento de óleo. Os genótipos P24-M1 x P37-3 e P36-16 x P37-3, para baixo N, e P24-M1 x P29-M5, para alto N, são promissores para produção de proteína e óleo.


Palavras-chave


adubação nitrogenada, diversidade, Zea mays.

Texto completo:

PDF

Referências


AOAC – Association of Official Analytical Chemists. Vitamins and other nutrients. Cap. 45, p. 58-61. In AOAC. Official methods of analysis. 16. ed. Arlington: AOAC International, 1995.

BUENO, L.G.; CHAVES, L.J.; OLIVEIRA, J.P.; BRASIL, E.M.; REIS, A.J.S.; ASSUNÇÃO, A.; PEREIRA, A.F.; RAMOS, M.R. Controle genético do teor proteico nos grãos e de caracteres agronômicos em milho cultivado com diferentes níveis de adubação nitrogenada. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.44, n.6, p.590-598, 2009.

CANCELLIER, L.L.; AFFÉRRI, F.S.; CARVALHO, E.V.; DOTTO, M.A.; LEÃO, F.F. Eficiência no uso de nitrogênio e correlação fenotípica em populações tropicais de milho no Tocantins. Revista Ciência Agronômica, v.42, p.139-148, 2011.

CARVALHO, E.V.; AFFÉRRI, F.S.; PELUZIO, J.M.; DOTTO, M.A.; CAPPELLESSO, R.B.; MELO, A.V. Desempenho agronômico e divergência genética na seleção de linhagens S5 de milho. Bioscience Journal, v.27, n.5, p.794-797, 2011.

CASTRO, M.V.L.; NAVES, M.M.V.; OLIVEIRA, J.P.; FROES, L.O. Rendimento industrial e composição química de milho de alta qualidade protéica em relação a híbridos comerciais. Pesquisa Agropecuária Tropical, v.39, p.233-242, 2009.

COIMBRA, R.R.; MIRANDA, G.V.; CRUZ, C.D.; MELO, A.V.; ECKERT, F.R. Caracterização e divergência genética de populações de milho resgatadas do Sudeste de Minas Gerais. Revista Ciência Agronômica, v.41, n.1, p.159-166, 2010.

CRUZ, C.D. Programa Genes: Aplicativo computacional em genética e estatística. Viçosa: UFV, 2007. 442p.

CRUZ, C.D.; FERREIRA, F.M.; PESSONI, L.A. Biometria aplicada ao estudo da diversidade genética. Visconde do Rio Branco: Suprema, 2011. 620p.

DOTTO, M.A.; AFFÉRRI, F.S.; PELUZIO, J.M.; MELO, A.V.; CARVALHO, E.V. Divergência genética entre cultivares comerciais de milho em baixas altitudes no Tocantins, safra 2007/2008. Revista Ciência Agronômica, v.41, p.630-637, 2010.

DUARTE, A.P.; CARVALHO, C.R.L.; CAVICHIOLI, J.C. Densidade, teor de óleo e produtividade de grãos em híbridos de milho. Bragantina, v.67, p.759-767, 2008.

FANCELLI, A.L.; DOURADO-NETO, D. Produção de milho. 2 ed. Piracicaba, 2004. 360p.

FARINELLI, R.; LEMOS, L.B. Nitrogênio em cobertura na cultura do milho em preparo convencional e plantio direto consolidados. Pesquisa Agropecuária Tropical, v. 42, n. 1, p. 63-70, 2012.

GALLAIS, A.; HIREL, B. An approach to the genetics of nitrogen use efficiency in maize. Journal of Experimental Botany, v.55, n.396, p.295-306, 2004.

GALVÃO, J.C.C.; MIRANDA, G.V. Produção de milho em pequenas propriedades. Viçosa: CPT, 2011. 300p.

GUEDES, J.M.; VILELA, D.J.M.; REZENDE, J.C.; SILVA, F.L.; BOTELHO, C.E.; CARVALHO, S.P. Divergência genética entre cafeeiros do germoplasma Maragogipe. Bragantia, v.72, n.2, p.127-132, 2013.

HEINZ, R.; MOTA, L.H.S.; GONÇALVES, M.C.; NETO, A.L.V.; CARLESSO, A. Seleção de progênies de meio-irmãos de milho para eficiência no uso de nitrogênio. Revista Ciência Agronômica, v.43, p.731-739, 2012.

IAL. Instituto Adolfo Lutz. Normas analíticas do instituto Adolfo Lutz. Métodos químicos e físicos para análise de alimentos. São Paulo: IAL, 2005. 317p.

PIMENTEL-GOMES, F. Curso de estatística experimental. 15. ed. Piracicaba: FEALQ, 2009. 451p.

RAO, C.R. Advanced statistical methodos in biometri cresearch. New York: John Willey, 1952. 390p.

RIBEIRO, A.C.; GUIMARÃES, P.T.G.; ALVAREZ, V.V.H. Recomendação para o uso de corretivos e fertilizantes em Minas Gerais – 5ª Aproximação. Viçosa, MG. 1999. 359p.

RIOS, S.A.; BORÉM, A.; GUIMARÃES, P.E.O.; PAES, M.C.D. Divergência genética entre genótipos de milho quanto ao teor de carotenóides nos grãos. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, v. 9, n. 3, p. 277-286, 2010.

ROTILI, E.A.; CANCELLIER, L.L.; DOTTO, M.A.; PELUZIO, J.M.; CARVALHO, E.V. Divergência genética em genótipos de milho, no estado do Tocantins. Revista Ciência Agronômica, v.43, p.516-521, 2012.

SANTOS, M.M.; GALVÃO, J.C.C.; SILVA, I.R.; MIRANDA, G.V.; FINGER, F.L. Épocas de aplicação de nitrogênio em cobertura na cultura do milho em plantio direto, e alocação do nitrogênio (15N) na planta. Revista Brasileira Ciência do Solo, v.34, p.1185-1194, 2010.

SANTOS, W.F.; AFFÉRRI, F.S.; PELUZIO, J.M. Eficiência ao uso do nitrogênio e biodiversidade em genótipos de milho para teor de óleo. Enciclopédia Biosfera, v.11, n.21, p.2916-2925, 2015b.

SANTOS, W.F.; AFFÉRRI, F.S.; PELÚZIO, J.M.; SODRÉ, L.F.; REINA, E.; FARIAS, T.C.M. Divergência genética e eficiência no uso do nitrogênio em populações de milho, visando à produção de óleo. Tecnologia & Ciência Agropecuária, v.9, n.4, p.33-38, 2015a.

SANTOS, W.F.; PELUZIO, J.M.; AFFÉRRI, F.S.; SODRÉ, L.F.; SANTOS, D.S.; FARIAS, T.C.M. Variabilidade genética e eficiência de uso do nitrogênio em populações de milho para teor de óleo. Revista Ciência Agrárias, v.57, p.312-317, 2014a.

SANTOS, W.F.; PELÚZIO, J.M.; SODRÉ, L.F.; AFFÉRRI, F.S.; SANTANA, W.R. Épocas de semeadura, doses de nitrogênio e rendimento de proteína em populações de milho. Tecnologia & Ciência Agropecuária, v.8, n.4, p.13-16, 2014b.

SCOTT, A.J.; KNOTT, M.A. Cluster analysis method for grouping means in the analysis of variance. Biometrics, v.30, p.507-512, 1974.

SILVA, K.C.L.; SILVA, K.P.; CARVALHO, E.V.; ROTILI, E.A.; AFFÉRRI, F.S.; PELUZIO, J.M. Divergência genética de genótipos de milho com e sem adubação nitrogenada em cobertura. Revista Agro@mbiente On-line, v.9, n.2, p.102-110, 2015.

SIMON, G.A.; KAMADA, T.; MOITEIRO, M. Divergência genética em milho de primeira e segunda safra. Semina: Ciências Agrárias, v.33, n.2, p.449-458, 2012.

SINGH, D. The relative importance of characters affecting genetic divergence. The Indian Journal of Genetics and Plant Breeding, v.41, p.237-245, 1981.

VILLEGAS, E.; ORTEGA, E.; BAUER, R. Métodos químicos usados em El CIMMYT para determinar La calidad de proteína de lós cereales. Centro Internacional de Mejoramiento de Mays y Trigo. México, D.F. 1985. 34p.




DOI: https://doi.org/10.12661/pap.2017.009

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Pesquisa Agropecuária Pernambucana
ISSN 0100-8501 (impresso)
ISSN 2446-8053 (online)


Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA)
Av. General San Martin, 1371
Bongi, Recife, PE, CEP 50761-000
revista.pap@ipa.br