CRESCIMENTO DE PORTA-ENXERTO DO CAJUEIRO (Anacardium occidentale L.) EM DIFERENTES FORMULAÇÕES DE SUBSTRATOS

Jardelio Paulo Malaquias, Vinicius Evangelista Alves Oliveira, Jefferson Alves Dias, Samuel Inocêncio Alves da Silva, Dácio Jerônimo de Almeida, Walter Esfrain Pereira

Resumo


A formação de mudas é uma etapa do processo produtivo de vital importância para o êxito de uma exploração agrícola, com o cajueiro não é diferente, devido essa frutífera necessitar primordialmente da produção de mudas para posterior implantação no campo. O objetivo deste experimento foi avaliar o efeito de diferentes substratos no porta-enxerto de mudas do cajueiro. O experimento foi realizado no Departamento de Fitotecnia e Ciências Ambientais do, do Centro de Ciências Agrárias, da Universidade Federal da Paraíba, Campus II, localizado no município de Areia-PB, em ambiente protegido, no período de abril a maio de 2012. As sementes foram acondicionadas em sacos de polietileno com capacidade para 5 L, contendo três materiais (solo, cinza e esterco bovino) em diferentes percentuais. O solo utilizado correspondeu a um Latossolo Amarelo de textura argilo-arenosa. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado (DIC), com os tratamentos constituídos por sete substratos e quatro repetições, com quatro mudas por parcela. Aos 35 dias após a emergência das mudas, realizou-se a avaliação das mudas, coletando-se os seguintes dados biométricos: altura de plantas, diâmetro do caule, largura de folha, comprimento de folha, área foliar, número de folhas. Os dados foram submetidos à análise de variância e de regressão apropriada para os experimentos com misturas. O aumento da proporção de cinza vegetal nos substratos resulta em menor crescimento de mudas. O aumento da proporção de solo mais esterco bovino proporciona maior crescimento das mudas.

Palavras-chave


Composição, Cinza, Esterco bovino

Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, A. P.; SOBRINHO, S. P. Germinação e produção de mudas de tamboril (Enterolobium Contortisiliquum (Vell.) Morong) em diferentes substratos. Revista Árvore, Viçosa, v. 35, n. 3, p. 581-588, 2011.

CORNELL, J. A. Experiments with Mixtures: Designs, Models, and the Analysis of Mixture Data. 3nd ed. New York: Wiley, 2001. 680 p.

EMBRAPA. Sistema Brasileiro de Classificação dos Solos. Rio de Janeiro: Centro Nacional de Pesquisas de Solos, 1999. 412 p.

FERREIRA, R. B.; OLIVEIRA JÚNIOR, J. P.; NAVES, R. V.; SALGADO, A. L. Desenvolvimento de mudas de Annona crassiflora Mart. (Araticum) em substratos com cinzas de cana. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 39, n. 1, p. 18-24, 2009.

IBGE. Levantamento Sistemático da Produção Agrícola. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 2012. Disponível em: . Acesso em: 17 jan. 2013.

MENDONÇA, V.; MENDONÇA, L. F. M. Fruticultura tropical: bananeira, cajueiro e mangueira. Mossoró: Ed. UFERSA, 2013. 356 p.

MENDONÇA, V.; TOSTA, M. S.; GÓES, G. B.; ARAÚJO, W. B. M.; ALENCAR, R. D.; NUNES, G. H. S. Esterco bovino na produção de mudas de melancia. In. CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 48., 2008, Maringá. Anais... Eletr. Maringá: UEM, 2008. p. 4154-4159.

NOMURA, E. S.; LIMA, J. D.; GARCIA, V. A.; RODRIGUES, D. S. Crescimento de mudas micropropagadas da bananeira cv. Nanicão em diferentes substratos e fontes de fertilizante. Acta Scientiarum Agronomy, Maringá, v. 30, n. 3, p. 359-363, 2008.

OLIVEIRA, F. A.; MEDEIROS. J. F.; OLIVEIRA, M. K. T.; LIMA, C. J. G. S.; GALVÃO, D. C. Desenvolvimento de plantas de pepino sob diferentes teores de esterco bovino. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, Mossoró, v. 2, n. 2, p. 73-78, 2007.

OLIVEIRA, A. B.; HERNANDEZ, F. F. F.; ASSIS JÚNIOR, R. N. Absorção de nutrientes em mudas de berinjela cultivadas em pó de coco verde. Revista Caatinga, Mossoró, v. 22, n. 2, p. 139-143, 2009.

PARK, N. D.; RUTHERFORD, M.; THRING, R. W.; HELLE, S. S. Wood pellet fly ash and bottom ash as an effective liming agent and nutrient source for rye grass (Lolium perenne L.) and oats (Avena sativa). Chemosphere, Kidlington, v. 86, n. 4, p. 427-423, 2012.

PEITER, M. X.; ROBAINA, A. D.; PARIZI, A. R. C. Modelo para determinação da área foliar de Kalanchoe blossfeldiana Poelln. Ciência Rural, Santa Maria, v. 36, n. 6, p. 1739-1746, 2006.

SANTOS, J. F.; OLIVEIRA, A. P.; ALVES, A. U.; BRITO, C. H.; DORNELAS, C. S. M.; NÓBREGA, J. P. R. Produção de batata doce adubada com esterco bovino em solo com baixo teor de matéria orgânica. Horticultura Brasileira, Brasília, v. 4, n. 1, p. 103-106, 2006.

SANTOS, M. R.; SEDIYAMA, M. A. N.; SALGADO. L. T.; VIDIGAL, S. M.; REIGADO, F. R.: Produção de Mudas de Pimentão em Substratos à Base de Vermicomposto. Bioscience Journal, Uberlândia, v. 26, n. 4, p. 572-578, 2010.

TEIXEIRA, F. J. V.; LIMA, M F. P.; PAIVA, J. C. O.; DANTAS, L. L. C. R.; TOSTA, M. S. Doses de enxofre no desenvolvimento inicial de cajueiro comum. Agropecuária Científica no Semiárido, Patos, v. 8, n. 4, p 66-70, 2012.

WAGNER JÚNIOR, A.; ALEXANDRE, R. S.; NEGREIRO, J. R.; PIMENTEL, L. D.; COSTA E SILVA, J. O.; BRUCKNER, C. H. Influência do substrato na germinação e desenvolvimento inicial de plantas de maracujazeiro amarelo (Passiflora edulis Sims f. flavicarpa Deg). Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 30, n. 4, p. 643-647, 2006.




DOI: https://doi.org/10.12661/pap.2017.006

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Pesquisa Agropecuária Pernambucana
ISSN 0100-8501 (impresso)
ISSN 2446-8053 (online)


Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA)
Av. General San Martin, 1371
Bongi, Recife, PE, CEP 50761-000
revista.pap@ipa.br