BIORREGULADORES NO TRATAMENTO DE SEMENTES DE GIRASSOL

Isa Assumpção Junqueira, Bruno Nicchio, Marília Bernardes de Deus, Regina Maria Quintão Lana

Resumo


O uso de biorreguladores tem se mostrado eficaz no vigor de plântulas de diversas culturas, além de reduzir a desuniformidade de desenvolvimento. O objetivou-se avaliar a utilização de Biozyme® e Stimulate® no vigor de plântulas de girassol (variedade M734). O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso, com seis tratamentos (Biozyme® nas doses 7,5; 10; 12,5 e 15 mL L-1, Stimulate® na dose 10 mL L-1 e 15 mL L-1 de água destilada - testemunha absoluta) e quatro repetições. As sementes foram imersas em solução aquosa de acordo com cada tratamento, por período de 4 horas. Posteriormente, as sementes foram acondicionadas em recipientes (gerbox) por um período de 7 dias em câmara de germinação entre 20 e 30ºC com fotoperíodo de 12 horas. As variáveis estudadas foram: porcentagem de germinação, porcentagem de plântulas normais, massa fresca e seca das raízes e parte aérea. A pré-embebição de sementes de girassol (variedade M734) com 12,5 mL kg-1 de semente de Biozyme® aumentam o número de plântulas, a massa fresca (parte aérea, raiz e total das plântulas) e seca (parte aérea e total das plântulas). O aumento das doses de Biozyme® via sementes incrementa a produção de massa fresca e seca de raiz, mas o acúmulo de massa fresca da parte aérea aumenta somente até a dose de 11,36 mL kg-1 de Biozyme®.

Palavras-chave


Helianthus annuus L., hormônios vegetais, pré-embebição de sementes.

Texto completo:

PDF

Referências


ARAGÃO, C. A.; DANTAS, B. F.; ALVES, E.; CATANEO, A. C.; CAVARIANI, C.; NAKAGAWA, J. Atividade aminolítica e qualidade fisiológica de sementes armazenadas de milho super doce tratadas com ácido giberélico. Revista Brasileira de Sementes, Brasília, v.5, n.1, p.43-48, 2003.

BARBOSA, M.C.; DAN, L. G. M.; PICCININ, G.G.; BRACCINI, A.L.; RICCI, T.T.; ZABINI, A. Efeito do tratamento de sementes com Fertiactyl Leg nas características fisiológicas das sementes de soja (Glycine max L.). In: CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PÓS-GRADUAÇÃO, I, 2010, Florianópolis, SC. Anais... Florianópolis, SC 2010.

BERTOLIN, D. C., SÁ, M. E. de, ARF, O., JUNIOR, E. F., COLOMBO, A. de S., CARVALHO, F. L. B M. de. Aumento da produtividade de soja com a aplicação de bioestimulante. Bragantia, Campinas, v.69, n.2, p.339-347, 2010.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Brasília: Secretaria de Defesa Agropecuária, 2009. 399p.

CARVALHO, E. V. de, PEIXOTO, E. V., VIEIRA, E. L., SANTOS, C. A. C. dos, PEIXOTO, V. A. B., RIBEIRO, L. O., MACHADO, G. da S., SANTOS, A. M. P. B. dos. Efeito do bioestimulante na germinação de sementes de girassol. In: XIX REUNIAO NACIONAL DE PESQUISA DE GIRASSOL & VII SIMPOSIO NACIONAL SOBRE A CULTURA DO GIRASSOL, 2011, Aracaju. Anais... LONDRINA: EMBRAPA SOJA, 2011. v. 1. p.117-121.

CASTRO, C.; CASTIGLIONI, V. B. R.; BALLA, A.; LEITE, R. M. V. B.; KARAM, D.; MELLO, H. C.; GUEDES, L. C. S.; FARIA, J. R. B. A cultura do girassol. Londrina: EMBRAPA-CNPSo, 1996. 38 p. (EMBRAPA_CNPSo. Circular Técnica, 13).

CASTRO, G. S. A., BOGIANI, J. C., SILVA, M. G. da, GAZOLA, E., ROSOLEM, C. A. Tratamento de sementes de soja com inseticidas e um bioestimulante. Pesquisa agropecuária brasileira. Brasília, v.43, n.10, p.1311-1318, out. 2008.

COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO - CONAB. Indicadores da Agropecuária (Safra 2015/16). Acomp. safra bras. grãos, Brasília, v. 3 -, n. 1, p. 1-140, 2015. Disponível em: http://www.conab.gov.br. Acesso em: 13 nov. 2015

COUTO, C. A.; PEIXOTO, C. P.; VIEIRA, E. L.; CARVALHO, E. V. Ação da cinetina, ácido indolbutírico e ácido giberélico na emergência do girassol sob estresse por alumínio. Comunicata Scientiae, v. 3, n. 3, p. 206-209, 2012.

EMBRAPA. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Disponível em: https://www.embrapa.br/soja/cultivos/girassol. Acesso em: 19 nov. 2015.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a Guide for its Bootstrap procedures in multiple comparisons. Ciênc. Agrotec, v.38, n.2, p. 109-112, 2014.

FERREIRA, G.; COSTA, P. N.; FERRARI, T. B.; RODRIGUES, J. D.; BRAGA, J. F.; JESUS, F. A. Emergência e desenvolvimento de plântulas de maracujazeiro azedo oriundas de sementes tratadas com bioestimulante. Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal, v.29, n.3, 2007a.

FERREIRA, L. A.; OLIVEIRA, J. A.; PINHO, É. V. R. V.; QUEIROZ, D. L. Bioestimulante e fertilizante associados ao tratamento de sementes de Milho. Revista Brasileira de Sementes, Londrina, v.29, n.2, p.80-89, 2007b.

GRISI, P. U., SANTOS, C. M. dos, FERNANDES, J. J., SÁ JÚNIOR, A. de. Qualidade das sementes de girassol tratadas com inseticidas e fungicidas. Bioscience Journal, Uberlândia, v. 25, n. 4, p. 28-36, julho/agosto 2009.

HENNING, A. S. Patologia e tratamento de sementes: noções gerais. In: EMBRAPA SOJA. Londrina, PR, 2.ed, 52p. 2005.

KERBAUY, G. B. Fisiologia Vegetal. Granabana Koogan. São Paulo: Universidade de São Paulo, 2004. 470p.

KRENCHINSKI, F. H.; PLACIDO, H. F.; ALBRECHT, L. P.; MORAIS, M. F.; BARBOSA, A. P.; KRENCHINSKI, L. R.; TESSELE, A.; ALBRECHT, A. J. P. Efeito de Bioestimulante Organomineral no Tratamento de Sementes de Milho Cultivado em Safrinha no Oeste do Paraná. In: XXIX CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO, 2012, Águas de Lindóia. Anais... Águas de Lindóia, 7p.

LANA, R. M; FARIA, M. V.; LANA, A. M. Q.; MENDES, E.; BONOTTO, I. Regulador de crescimento sobre a produtividade do milho em sistema de plantio direto. In: SIMPÓSIO CIENTÍFICO DO INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DA UFU, II, 2006, Uberlândia. Anais... Uberlândia, 4p.

LUDWIG, M. P.; FILHO, O. A. L.; BAUDET, L.; DUTRA, L. M. C. D.; AVELAR, S. A. G.; CRIZEL, R. L. Qualidade de sementes de soja armazenadas após recobrimento com aminoácido, polímero, fungicida e inseticida. Revista Brasileira de Sementes, v.33, n.3 p.395-406, 2011.

MACHADO, J. C. Patologia de sementes: significado e atribuições. In: CARVALHO, N. M.; NAKAGAWA, J. Sementes: ciência, tecnologia e produção. 4 ed. Jaboticabal: FUNEP, 2000. 588p.

McDONALD, M. D.; KHAN, A. A. Acid scarification and protein synthesis during seed germination. Agronomy Journal, Madison, v.2, n.75, p.111-114, 1983.

NICCHIO, B.; BOER, C. A.; SIQUEIRA, T. P.; VASCONCELOS, A. C.; RESENDE, W. S.; LANA, R. M. Q. Ácido húmico e bioativador no tratamento de sementes de milho. Journal of Agronomic Sciences, Umuarama, v.2, n.2, p.61-73, 2013.

OLIVEIRA, E. C.; TAKAHASHI, L. S. A.; MIGLIORANZA, E. Germinação de sementes de alface submetidas à embebição de diferentes concentrações de bioestimulante. Cultura Agronômica, v. 23, n. 2, p. 115-122, 2014.

RAMOS, N. P.; NOVO, M. C. S. S.; LAGO, A. A.; UNGARO, M. R. G. Girassol: emergência e crescimento inicial de plantas sob resíduos de cana-de-açúcar. Ciência Rural, Santa Maria, v. 39, n. 1, p. 45-51, 2009.

SANTOS, C. A. C. dos; PEIXOTO, C. P.; VIEIRA, E. L.; CARVALHO, E. V.; PEIXOTO, V. A. B. Stimulate na germinação de sementes, emergência e vigor de plântulas de girassol. Bioscience Journal, Uberlândia, v. 29, n. 2, p. 605-616, 2013.

SANTOS, C. R. S. Stimulate® na germinação de sementes, vigor de plântulas e no crescimento inicial de soja. 2009. 44f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) UFRB, Cruz das Almas, 2009.

SILVA, J. V. da. Competição de cultivares, efeito de reguladores vegetais e bioestimulantes na cultura da mandioca. 2013. 73f. Tese (Doutorado em Agronomia) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2013.

SANTOS, V. M.; CARDOSO, D. P.; FERREIRA, E. A.; SILVA, Á. R. da; SOUSA, D. C. V. de. Ação de bioestimulantes no desempenho do cultivo de soja em duas condições de adubação fosfatada. Revista Verde, Pombal, v.10, n.3, p.1-8, 2015.

SMIDERLE, O. J. O girassol como alternativa de combustível. Disponível em: http://www.agrisustentavel.com/artigos/. Acesso em: 31 jan. 2015.

TAIZ, L.; ZEIGER, E. Fisiologia Vegetal. Trad. Santarém, E.R. 3. ed.; Porto Alegre: Artmed, 2004, 719p.




DOI: https://doi.org/10.12661/pap.2017.004

Apontamentos




Pesquisa Agropecuária Pernambucana
ISSN 0100-8501 (impresso)
ISSN 2446-8053 (online)


Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA)
Av. General San Martin, 1371
Bongi, Recife, PE, CEP 50761-000
revista.pap@ipa.br