Ação de metabólitos voláteis e não voláteis de Trichoderma harzianum sobre o crescimento de Cladosporium herbarum

Gesiane Ribeiro Guimarães, Deziany da Silva Ferreira, Carolina dos Santos Galvão, Sueli Corrêa Marques Mello, Daniel Diego Costa Carvalho

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o crescimento de cinco isolados de Trichoderma harzianum em diferentes temperaturas e, em seguida, o efeito de seus metabólitos voláteis e não voláteis na inibição do crescimento de Cladosporium herbarum na melhor temperatura de crescimento constatada para os antagonistas. Para tanto, o crescimento micelial dos antagonistas foi avaliado ao longo de sete dias, nas temperaturas de 10, 25, 30 e 40°C, sob fotoperíodo de 12 h. Em seguida, os antagonistas tiveram seus metabólitos avaliados quanto à inibição do crescimento de C. herbarum em ensaios com metabólitos voláteis e não voláteis termoestáveis a 25oC. Não houve diferença entre a taxa de crescimento dos isolados, quando estes foram submetidos a uma mesma temperatura. Além disso, veri cou-se que o melhor crescimento de T. harzianum ocorreu a 25°C. Quanto à produção de metabólitos voláteis tóxicos ao patógeno, o isolado CEN288 inibiu em 59% o crescimento de C. herbarum, enquanto que para metabólitos não voláteis termoestáveis, todos os isolados foram similares entre si, inibindo entre 29 e 40% o crescimento do patógeno a 25oC.

Palavras-chave


Phaseolus vulgaris, controle biológico, fisiologia de fungos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12661/pap.2016.002

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Pesquisa Agropecuária Pernambucana
ISSN 0100-8501 (impresso)
ISSN 2446-8053 (online)


Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA)
Av. General San Martin, 1371
Bongi, Recife, PE, CEP 50761-000
revista.pap@ipa.br