Comparação de métodos de detecção de fungos em sementes de cebola

Juliana Ferreira de Moura, Regina Ceres Torres da Rosa, Ana Patrícia dos Santos Gonçalves, Luciana Melo Sartori Gurgel, Tereza Cristina de Assis, Domingos Eduardo Guimarães de Andrade, Venézio Felipe dos Santos

Resumo


Em experimentos conduzidos em laboratório, diferentes substratos [papel-filtro, batata-dextrose-ágar (BDA), V-8-ágar, meio ágar-água (AA)] foram comparados visando selecionar o mais sensível para detecção de fungos em sementes de cinco cultivares de cebola (Roxa IPA-03, Composto IPA-06, Franciscana IPA-10, Vale ouro IPA-11 e Brisa IPA-12). Os substratos foram testados sem e com congelamento (–20 °C, durante 24 horas) das sementes. Foram identificados os seguintes fungos: Aspergillus sp., A. niger, A. flavus, Penicillium sp., P. digitatum, Colletotrichum gloeosporioides f. sp. cepae, Fusarium sp., F. oxysporum, F. graminearum, F. equiseti, Chaetomium globosum, Curvularia lunata, Curvularia sp., Papilaria sp. e Rhizopus sp. Aspergillus niger foi o mais frequentemente detectado em todos os tratamentos estudados. Sob congelamento, os meios mais sensíveis para detecção de A. niger e A. flavus foram BDA e V8, respectivamente. As cultivares IPA-11 e IPA-6 obtiveram altas percentagens de A. niger.


Palavras-chave


Allium cepa, patologia de sementes, método blotter, meios de cultura.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12661/pap.2012.006

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Pesquisa Agropecuária Pernambucana
ISSN 0100-8501 (impresso)
ISSN 2446-8053 (online)


Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA)
Av. General San Martin, 1371
Bongi, Recife, PE, CEP 50761-000
revista.pap@ipa.br